Pré-candidato Ivanor Schneider cede entrevista a duas Rádios de Seberi/RS

Na foto acima, Pré-candidato Ivanor Schneider com a direção e funcionários da Rádio Fortaleza 89.9 FM de Seberi/RS

Acima, entrevista concedida para a Rádio Fortaleza 89.9 FM de Seberi/RS

Na foto acima, Pré-candidato Ivanor Schneider com o entrevistador da Rádio Seberi FM, Jéferson.

Acima, entrevista concedida a Rádio Seberi de Seberi/RS

PLATAFORMA LEGISLATIVA DO PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL PELO PSL PARTIDO SOCIAL LIBERAL “SCHNEIDER”

PLATAFORMA LEGISLATIVA:

-Educação: Valorização aos Professores e à educação básica, infantil, ensino fundamental e médio. Garantia dos recursos para pagamento do piso salarial nacional do magistério instituído pela Lei n° 11.738/2008. Garantia da formação continuada dos professores e do Plano de Carreira. Incentivo à retomada e à prática da valorização dos símbolos nacionais, nas escolas.

-Segurança Pública: Valorização dos Policiais Civis e Militares, com digna remuneração e estrutura de trabalho. Revogação do Estatuto do Desarmamento. Diminuição da maioridade penal. Cumprimento de penas com trabalho, como forma de ressarcimento das despesas ao sistema prisional e, principalmente, com a ressocialização dos presos.

-Saúde:  Reunificação do sistema de saúde pública com privada, valorização dos agentes de saúde e investimentos preventivos às doenças.

-Agricultura: Valorização das atividades dos homens/mulheres do Agronegócio, da tributação e dos financiamentos.

-Máquina Administrativa: Redução das estruturas física e de pessoal em todas as esferas (Executivo, Legislativo e Judiciário) enxugando-as e reduzindo gastos.

-Outros: Vedação das reeleições. Exclusões do Auxílio Moradia, do Fundo Partidário e as das Emendas Parlamentares. Redução de impostos.

 

CONTATOS: WhatsApp (54)99918-7294, do E-mail: advschneider@yahoo.com.br ou pelos telefones  (54) 3332 1286; (54) 3332 3781.

DOE QUALQUER VALOR PARA O IVANOR, “SCHNEIDER”, QUE É PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL PELO PSL PARTIDO SOCIAL LIBERAL PARA RS

PARA DOAR, ACESSE O LINK:

https://doacaolegal.com.br/schneider-ivanor

MENSAGEM:

SOU PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL PELO PSL PARTIDO SOCIAL LIBERAL PARA O RIO GRANDE DO SUL:

Tenho disposição, o gosto e julgo-me capaz de estar na condição de Pré-candidato a Deputado Estadual para o Rio Grande do Sul.

Não concordo com a maneira atual de fazer política, tanto no Congresso Nacional, na Presidência da República e em nossa Assembléia Legislativa.

É corrente forte nos quatro cantos do País Brasil que não aceitam mais a atual política e de que novas pessoas devam se colocar à disposição nas próximas eleições de 2018, com ampla RENOVAÇÃO POLÍTICA. 

Mas para que isto aconteça necessário ainda nesta fase da pré-candidatura que tenhamos que realizar despesas diversas, as quais desde já busco a colaboração da sociedade civil, de forma legal, conforme preceitua a Legislação Eleitoral.

Desta forma espero à sua compreensão e colaboração, acessando o link abaixo e doando o valor que desejar, o qual farei o devido proveito em prol desta minha causa.

OBRIGADO 

IVANOR PEDRO SCHNEIDER

 

QUESTIONANDO O PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL PELO PSL PARTIDO SOCIAL LIBERAL – IVANOR PEDRO SCHNEIDER

Você é pré-candidato a Deputado Estadual e qual é o prazo em que será confirmado?

Sim. Sou pré-candidato a Deputado Estadual, tendo colocado meu nome à disposição do partido que vai através da Convenção Estadual confirmar ou não a minha candidatura, analisando se reúno as condições para tanto. A confirmação será de 20 de julho a 5 de agosto.

Qual a tua formação educacional, o teu Curriculum:

Na infância vendi bananas na cidade de Colorado. Até aos 18 anos fui pintor de casas. Ainda aos 18, ingressei no Banco Bamerindus, onde permaneci por 10 anos, chegando a gerente nas agências de Alfredo Brenner, Taquaruçu do Sul e Seberi. Em 1.987 iniciei como estagiário de direito e, agora, quase 30 anos como advogado, possuindo pós-graduação em direito público e privado. Já fui assessor jurídico de Prefeitura e de Câmaras de Vereadores, além de Coordenador Regional de partido na região do Alto Uruguai. Gosto de política de um modo geral, sentindo-me em condições de ser um representante dos Gaúchos na Assembleia Legislativa do Estado.  O que não gosto é como a política atual se apresenta.

Como surgiu o interesse em ingressar na política, colocando-se pré-candidato a Deputado Estadual?

Sempre pensei que os eleitos pudessem fazer mais e melhor para sua gente e cumprir as promessas de campanha. Mas o certo é que para isto acontecer temos que ter pessoas que sejam conhecidas e comprometidas com seus eleitores e pelas comunidades. E, acima de tudo que sejam honestas. A honestidade é o que deve nortear as pessoas e, principalmente, quem recebe a confiança. Se as pessoas de bem e que têm capacidade de bem representar o seu povo não colocarem seus nomes à disposição, como eu faço agora, não teremos melhoras no quadro da nossa política e vamos ficar sempre só reclamando.

O que mais o motivou a concorrer a Deputado Estadual?

Pela experiência de vida e o gosto pela política, mas por nada poder fazer para auxiliar na solução dos problemas da sociedade Gaúcha e na vida das pessoas que clamam pela urgência e melhora das suas vidas. E caso eu seja confirmado para concorrer, venha a ter a confiança do povo e ocupe uma cadeira na Assembleia Legislativa do RS, acredito que eu possa levar muitos anseios das pessoas, mostrando que os representantes que elegemos podem sim trabalhar mais para o bem comum, sem se deixar levar pelas mazelas que a política apresenta. Ouve-se dizer, após eleitos, muitos viram as costas para o povo e não é isto que pretendo fazer, honrando a confiança depositada. Eu não posso falar pelos outros e, sim, por mim.

Já que é pré-candidato a Deputado Estadual qual é o partido e se o partido tem pré-candidato a Deputado Federal e a Presidente da República?

Sim, diante do contexto em que o Brasil e o Estado do RS se encontram, há necessidade de mudanças urgentes, em todos os poderes e instâncias, portanto identifiquei-me com a filosofia do PSL Partido Social Liberal, que agora cresce com passos largos.

E, como pré-candidatos a Deputado Federal, em nossa região, teremos bons candidatos, como é o caso de Marcelo Brum da Voz do Campo, que veste, há muito tempo, a camisa pela agricultura e, neste sentido, estaremos juntos na caminhada  para melhora das atividades desta classe.

Como pré-candidato a Presidente da República, não se poderia pensar em outro nome a não ser o de Jair Messias Bolsonaro que vem crescendo nas pesquisas, pois o povo clama por mudanças urgentes, por novas caras e por gente de coragem. Diga-se, Bolsonaro já está mexendo, incomodando com este sistema falido da política brasileira e da imprensa brasileira, pois ele busca a segurança do nosso povo e é contra a corrupção. O povo quer ver gente nova na política e o momento certo é agora. Após, de nada adianta falar que deveria ter mudado se nós, eleitores, não decidirmos bem nas escolhas dos representantes. Estejam atentos e não acreditem em tudo o que a imprensa televisionada está divulgando e vai vincular contra o Bolsonaro, pois a imprensa, e aqui falo principalmente da Globo, vai escolher seu candidato de preferência e fazer campanha só em favor dele.

Caso se confirme a candidatura a Deputado Estadual, qual a ou as regiões que você pretende alcançar e representar na campanha eleitoral e quais os segmentos da sociedade dos seus eleitores?

O Deputado Estadual não irá representar e buscar votos somente em uma região e, sim, em todo Estado para, após eleito, trabalhar em prol de todos os Gaúchos, focando os projetos que melhor se identificam para as regiões aonde estarei sempre presente. Mas, logicamente que o Estado é enorme e a campanha eleitoral é curta e teremos que delimitar o território como se diz, e pelo conhecimento que tenho das minhas identificações, acredito que deverá ser de forma mais acentuada nas regiões do Alto Jacuí e Alto Uruguai, expandindo-se nas demais próximas, com abrangência em mais de cinquenta municípios. Como dito, não há regiões e segmentos distintos que eu não vá buscar a confiança dos eleitores. Pretendo ser a voz das pessoas na Assembleia Legislativa, caso seja eleito, aplicando toda minha experiência como advogado há quase 30 anos, além da agricultura, indústria, comércio e da prestação de serviços, não me esquecendo dos servidores públicos, dos professores que não são valorizados, dos policiais, os quais dão suas vidas por todos nós, dos colegas de classe, os advogados, não esquecendo também meus irmãos de estrada, os motociclistas e os radioamadores. Caso esteja no páreo na corrida por uma cadeira na Assembleia Legislativa como Deputado Estadual o que tenho a oferecer é meu nome, minha experiência de vida para o bem comum e meu caráter, necessitando de apoios voluntários das pessoas, de forma desprendida, fazendo uma campanha limpa e com baixos custos. Como advogado podem ter certeza que os Projetos de Leis na Assembleia Legislativa serão analisados com os olhos do direito e da sociedade e não dos interesses de pessoas e ou de uma minoria como muitas vezes acontece.

Nestas eleições que com certeza serão um novo marco na história do Brasil, o que você deseja dizer aos Gaúchos?

Que não adianta de forma não pensada escolher e votar em candidatos, desde os Deputados Estaduais, Federais, Senadores e Presidente da República que sabidamente não irão se colocar ao lado da população e principalmente após eleitos, distanciam-se das suas bases. O que temos que ter é a consciência antes, escolhendo e votando, pelo menos nos melhores, mas para isto, os partidos não são mais importantes e sim as pessoas. E como fazer isto? Hoje você ou conhece os candidatos ou pode buscar saber informações sobre o seu candidato através de pesquisa pela internet.

O que mais deseja dizer, caso seu plano de concorrer a Deputado Estadual se confirmar a pré-candidatura?

Que o momento é agora, nas próximas eleições de 2018, para mudar a cara da política brasileira, por isso devemos reeleger somente os bons políticos e colocar sangue novo neste senário, elegendo  pessoas que estejam descomprometidos com o atual sistema e que possam, de forma livre, realmente cumprir o seu papel neste tão importante cargo que almejo de Deputado Estadual.

Não é demais lembrar: mesmo que você seja partidário e saiba que seu candidato esteja na mídia e sendo investigado ou já esteja sendo processado por crimes de corrupção, tenha roubado dinheiro público, repense seu voto, pois haverá muitos novos e bons candidatos.

Vamos deixar de lado as paixões político-partidárias, pois não é o melhor caminho a tomar. Vejamos que pessoas ainda seriam hoje capazes de votar em candidatos já condenados, desejando que o Brasil continue sendo comandado por corruptos e ladrões do dinheiro público. Se deixarmos de votar, ou votarmos em branco ou nulo, estaremos deixando de eleger um bom candidato, auxiliando os maus. Ainda, de nada adianta eleger um novo Presidente da República, seja ele quem for, se o povo não eleger bons e, principalmente, novos representantes nas Assembleias Legislativas e no Congresso Nacional que estejam comprometidos com o futuro dos Estados e do Brasil.  Não deixemos de exercer o direito ao voto e de aproveitar a oportunidade ímpar para mudar o Estado e o Brasil através do voto nas próximas eleições.